Catedral de Porto Alegre

Catedral de Porto Alegre

sábado, 3 de outubro de 2009

" Coimbra "

video
Lembrando meus tempos de criança escolhi Amália Rodrigues cantando meu fado preferido.Essa poesia escrevi pela manhã em uma praça aqui de POA ao som dos pássaros ouvindo risadas das crianças sob lindo céu azul e uma leve brisa no rosto. E a homenagem é para Áurea essa portuguêsa da cidade de Alcobaça com certeza amiga de todos nós blogueiros.

Ah! esse amor
que veio com a primavera
embalado em perfume de flores
depois de tanto tempo de espera

sera que veio para ficar?
quem sabe de novo só enganar
por isso nesse fado que faço
meu coração em compasso

já começa balançar
vivendo essa utopia
quem sabe talvez um dia
ele resolva ficar.....

Antonio Campos 03/09/09.

29 comentários:

  1. Grande Antonio, tem amor que quando chega nós pensamos que vai ficar. Quando parte é aquela dor!!!

    ResponderExcluir
  2. Grande Carlos verdade amigo as vezes esse amor passa como um vento.

    ResponderExcluir
  3. Gosto de poesia...a sua tem um grande sentimento nas entrelinhas... gostei muito...e parabenizo-o... fique a vontade quanto a comentar, opinar e trazer para seu cantinho o selinho, fui infeliz em falar amigas, quando deveria ter falado amigos..

    Muito interessante seu blog...

    ATÉ MAIS...

    ResponderExcluir
  4. Que legal Zininha essa sua visita me alegra serei teu seguidor um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Pai,faça que eu compartilhe a vida com meus amigos.Que eu seja tudo para cada um deles.
    Que a todos dê minha amizade, minha compreensão,meu carinho, minha simpatia, minha alegria, minha solidariedade, minha atenção e minha lealdade.
    Estou vindo do blog da Zininha para conhecer seu adorável cantinho... e amei suas poesias, são todas lindas, encantadoras mesmo.Também gosto de escrver alguma coisa...rss, estou montando uma página de poesia.Lhe ofereço o premio perola rara que vc vai encontrar em PREMIOS PRA VOCÊ.Tenha um lindo fim de semana!Bjs d luz no coração

    ResponderExcluir
  6. Querida DEUSA é uma alegria te-la por aqui irei até seu cantinho para ser teu seguidor e também receber esse prêmio um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Antonio, mudança radical no visual, estranhei, pensei que estivesse em blog errado.É seu mesmo? rs rs rs
    A poesia é linda e a homenagem perfeita, a Áurea merece esse carinho, pois seus comentários versados encantam a todos nós.
    Um super abraço! Ótimo fim de semana!

    Ahhh!!! Adorei a música!!

    ResponderExcluir
  8. Valeu Dora minha amiga. Um abraço bom final de semana.

    ResponderExcluir
  9. Tambem adorei receber sua visitinha no meu cantinho... e com certeza será um prazer que vá lá novamente. Que tenha uma linda noite e que Deus o ilumine sempre!

    ResponderExcluir
  10. Ah esqueci de falar, peguei seu link... e se quiser pegar meu link ou banner, fique a vontade viu.

    ResponderExcluir
  11. Sim minha amiga DEUSA já linkei seu blog um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Ontem não estive cá
    Este blog não espreitei
    Hoje ao abrir para ver
    Juro que me emocionei

    Emocionei porque António
    Não disse! Mas agora digo
    Coimbra e o fado
    Mexem muito comigo

    Coimbra porque me encanta
    Fado porque trás paixão
    Amália porque é a "DIVA"
    Que ficou no coração

    Como é que esta sintonia
    Entrou assim a preencher
    Como Grande poeta que és
    Tenho muito a aprender

    Com gosto e alegria
    Claro que vou ficar
    Não é nenhuma utopia
    Não fiques a balançar

    A amizade que se faz
    Neste espaço em nossas vidas
    Vamos aqui "conhecendo"
    Pessoas muito queridas

    Para dizer o que penso
    Não ligo à assimetria
    Porque às vezes é difícil
    Pôr tudo certinho, em dia...

    Eu gosto de tudo o que faço
    E isto é por prazer
    Por isso digo António
    Gostei de te "conhecer"

    Hoje nem tenho palavras
    Para te agradecer
    Muito, muito obrigado
    É o que te quero dizer!...

    Também adoro o fado que está no vídeo

    Abração com amizade
    Áurea

    ResponderExcluir
  13. Grande Áurea essa música de alguma maneira toca meu coração. Me criei ouvindo fado depois o tempo passou a vida vai mudando e perdi até o contato com esse genero músical maravilhoso. Mas sentado sabado numa bela praça aqui de POA e vendo o local onde meus pais me traziam para brincar e tomar sorvete comecei a cantar esse fado e ai essas linhas ai postas acabaram manifestando-se na união caneta e folha de papel depois só as coloquei aqui no blog.Fico feliz que tenhas gostado. Aqui onde moro tenho contato todos os dias com vizinhos meus maravilhosos e portuguêses.Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Mais um avez obrigado.
    Eu também tenho amigos Brasileiros.
    Tive uma colega, no Jardim Infantil onde trabalho, com quem mantive grande amizade e mantenho.
    Também como vou quase todos os fins de semana para Lisboa e lá tenho amizades Brasileiras com as minhas queridas filhas.
    Que lindo quando dizes: "a união da caneta com as folhas de papel..."isso às vezes também me acontece...
    Aquele abraço!...
    Áurea

    ResponderExcluir
  15. De fato Áurea esse trio mente caneta e folha de papel as vezes acertam rsrsrsrrs.

    ResponderExcluir
  16. Ah! um fado! Nada mais tocante que esse cantar doído e cheio de amor carregado. Há tantos que gosto, dentre eles o "Fado perdição".Juro-lhe,me amigo, quando ouço esse fado, sinto-me em dimensões onde só o amor pode nos levar. A letra me encanta:

    Este amor não é um rio
    Tem a vastidão do mar
    A dança verde das ondas
    Soluça no meu olhar

    Tentei esquecer as palavras
    Nunca ditas entre nós
    Mas pairam sobre o silencio
    Nas margens da nossa voz

    Tentei esquecer os teus olhos
    Que não sabem ler nos meus
    Mas neles nasce a alvorada
    Que amanhece a terra e os céus

    Tentei esquecer o teu nome
    Arrancá-lo ao pensamento
    Mas regressa a todo o instante
    Entrelaçado no vento

    Tentei ver a minha imagem
    Mas foi a tua que vi
    No meu espelho, porque trago
    Os olhos rasos de ti

    Este amor não é um rio
    Tem abismos como o mar
    E o manto negro das ondas
    Cobre-me de negro o olhar

    Este amor não é um rio
    Tem a vastidão do mar

    Querido Antonio, obrigada pelo carinho de sempre! Amo esse teu mundo azul!


    beijo,

    Jaque

    ResponderExcluir
  17. Antonio

    Um fado maravilhoso que me faz lembrar minhas raizes portuguesas.Um poema lindo que faz da homenageada uma musa encantadora.
    um abraço

    Rose

    ResponderExcluir
  18. Minha querida amiga poetisa da rosas. Que bom que gostastes. E fico feliz por tuas origens um fado sim e a poesia é uma homenagem a todos os corações apaixonados. E nada como a estação das flores para comemorar.

    ResponderExcluir
  19. Quando amamos, todas as estações são sempre primavera. O amor deixa sempre aos nossos olhos, o mundo colorido e perfumado.
    Passei também pra agradecer seu amabilíssimo comentario ao meu poema. Sempre gentil, querido amigo.
    Boa semana - abraços

    ResponderExcluir
  20. Minha amiga Maria um abração sincero e respeitoso desse velho gaúcho.

    ResponderExcluir
  21. Hola Querido Antonio,
    Achei lindo o texto.
    Onde fica POA?? só por curiosidade.
    O Brasil tem lugares belíssimos para morar,espero quando ficar mais velhinha ir para uma cidadezinha pequena,junto com meu marido,com um coreto e bandinha aos domingos e muitas crianças na praça,isso é sonho mais querer é poder.
    Beijos mil,
    Indiana

    ResponderExcluir
  22. Bom dia minha amiga Indiana Porto Alegre é capital do estado do Rio Grande do Sul. Fica situada as margens do lago Guaiba por muitos chamado de rio. Tem uma população hoje de mais ou menos 1.500.000 habitantes. Todos nós sabemos receber turistas com casa e coração abertos.Cidades assim como queres ficam na considerada região metropolitana. Numa distância do nosso marco zero de pelo menos 50 kms. Temos nossa região serrana distante 100kms lugares lindos demais e mais trânquilos. Mas nossa POA ainda é considerada segura apesar dos pesares. Serão todos bem vindos.

    ResponderExcluir
  23. Ai Tricolor, me emocionei, sabia? O poema é maravilhoso e Amália Rodrigues me lembrou minha querida e saudosa mãezinha. Ela adorava Amália.

    Parabéns por sua sensibilidade e pelo seu talento. D+.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Meu amigo Antonio, amores primaveris são perfumados e encantados. Belo poema!
    Amália Rodrigues embalou parte de minha infância também, pois eu convivi intensamente com dois fãs da moça... meu pai e meu avô materno. Grato pelo prazer do saudosismo.
    Com certeza, sua referência à amiga Áurea é compartilhada por muitos que admiram a originalidade de sua obra. Inclusive eu.
    Um abração!

    ResponderExcluir
  25. Querido Poeta!

    Temos sempre um amor maior...que nos faz ir em outras dimensões, mesmo quando percebemos que tudo passa, voce coloca tão bem nesse seu poema e ainda mas essa musica linda do Roberto Carlos.


    beijos

    ResponderExcluir

Ofertado pelo blog Reflexões.

Ofertado pelo blog Reflexões.

Um Blog do Outro mundo

Um Blog do Outro mundo

Blog Reflexões

Blog Reflexões

PEQUENO CAHORRO GAUDÉRIO.....

PEQUENO CAHORRO GAUDÉRIO.....
MAS....PENSE BEM ANTES DE MEXER COM O TRÂNQUILO

ofertado pelo blog

ofertado pelo blog
http://mayshay.blogspot.com/

Olho de Deus

Olho de Deus

Blog do Poeta e Amigo Mariano

Blog do Poeta e Amigo Mariano

Repassado pelo blog Renascendo

Repassado pelo blog Renascendo

" Anjo do Oriente "

" Anjo do Oriente "
Vale a pena visitar esse blog

Presente do Blog Anjo Sedutor

Namorado da Maga

A GATA MAGA

A GATA MAGA
PRESENTE DA SENADORA LAU

Repassado Pelo Blog Compartilhar e Aprender

Repassado Pelo Blog Compartilhar e Aprender

Somos Todos Irmãos

Somos Todos Irmãos
Ofertado pelo amigo Dalton

Sequestrado do Blog " No Cantinho da Curva"

Esse selo é para você amigo

" Reunidos Amigos"